Leonardo Boff

Alex VidalGaleria de Fotos0 Comments

leonardo-boff

Ética, Educação e Inclusão, que Brasil queremos?

O teólogo e filósofo, Leonardo Boff, voltou ao Cariri 10 anos depois de ter visitado, no anonimato, a cidade de Juazeiro do Norte para conhecer de perto a espiritualidade dos romeiros. Desta vez, ele atendeu ao convite do CELP para ministrar palestra sobre “Ética, Educação e Inclusão: que Brasil queremos?”
Na sua concepção, chegou, finalmente, a vez do Brasil. Não há nenhuma nação tropical que tenha todas as condições, todos os elementos que podem ajudar a humanidade a sair da crise ecológica, econômica e humanitária, quanto o País. Boff adverte que nós chegamos nos limites dos recursos que a terra e o que há de água para oferecer a humanidade.

O Brasil, segundo o religioso, é a potência das energias alternativas. Segundo ele, aqui se encontra a maior biodiversidade do planeta. Só a floresta amazônica oferece de graça para a humanidade, diz ele, mais US$ 50 bilhões por ano. Há um povo altamente rico, inteligente e que se misturou com todas as raças. Não há fundamentalismo. Não existem, como nos Estados Unidos, estes preconceitos raciais.

Para o teólogo, é importante unir o saber acadêmico com o saber popular, que é construído de experiências de dezenas de gerações. Cada saber é uma janela que descortina paisagens diferentes Estes foram alguns dos assuntos levantados durante a palestra feita no Ginásio Poliesportivo de Juazeiro.

Projeto Trocando Ideias – 2ª Edição.

Público: 1.000 Pessoas

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *