Mestrado em Comunicação

Mestrado recomendado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior – CAPES, de acordo com a Portaria Ministerial de número 2.264, de 19 de dezembro de 1997, Ofício CTC/CAPES de número 88/2002 de 18 de março de 2002, e reconhecido pela Câmara de Educação Superior do Conselho Nacional de Educação, Parecer CNE/CES de número 153/2002 de 03 de abril de 2002, homologado pelo Ministro de Estado da Educação, Portaria MEC de número 524, de 29 de abril de 2008, Parecer CES/CNE de número 33/2008, conforme publicação no Diário Oficial da União de 30 de abril de 2008. Seção 1 – ISSN 1677-7042, fls. 16 e 28.
O Programa de Pós-Graduação em Comunicação, em nível de Mestrado, comunica a abertura no período de 1 de agosto a 15 de setembro de 2018 de inscrições para a seleção de candidatos para o preenchimento de vagas para o segundo semestre do ano letivo de 2018 no âmbito do Projeto de Mestrado Interinstitucional UNIP/CELP para atividades a serem realizadas em Juazeiro do Norte (CE). Ano Letivo de 2018 – segundo semestre

OBJETIVOS DO CURSO DE MESTRADO ACADÊMICO
a) Gerar e difundir conhecimentos no âmbito da Comunicação, promovendo reflexões teóricas e estudos de técnicas avançadas referentes aos processos de concepção, elaboração, veiculação, recepção do produto comunicativo e sua interação entre grupos sociais.
b) Promover a formação de pesquisadores para responder cientificamente às necessidades da área de Comunicação.
c) Qualificar docentes para o ensino superior.
d) Atribuir o título de Mestre em Comunicação.

ÁREA
Comunicação

ÁREAS DE CONHECIMENTO
Comunicação e Audiovisualidades
Comunicação e Memória
Comunicação e Política
Comunicação, Mídia e Religiosidades
Sociologia da comunicação
Teorias da Comunicação

ÁREA DE CONCENTRAÇÃO
Comunicação e Cultura Midiática
O Programa de Pós-Graduação em Comunicação concentra seus esforços na subárea denominada Cultura Midiática com o objetivo geral de constituir contribuições e críticas ao conhecimento relativo aos processos comunicacionais em vinculação aos contemporâneos fenômenos relacionados à cultura globalizada, plena da presença de aparatos midiáticos, tecnologias interativas e estratégias comunicacionais que proporcionam ou atualizam formas diversas de (re)organização social e cultural.

LINHAS DE PESQUISA
A partir da Área de Concentração, propõe-se a divisão do campo Cultura Midiática em duas linhas de investigação, ao mesmo tempo díspares e complementares, as quais têm por objetivo congregar pesquisas que visam contribuir, por um lado, para a compreensão dos fenômenos midiáticos contemporâneos (Linha 1) e, por outro, suas implicações no âmbito da sociedade e da cultura (Linha 2). Figuram, portanto, as seguintes linhas e respectivas ementas:

Linha 1 – Configuração de produtos e processos na cultura midiática
Congrega pesquisas sobre as dinâmicas históricas, as formas, as estratégias e os processos por meio dos quais são codificados e estruturados os produtos de natureza impressa, sonora e audiovisual no âmbito da cultura midiática.

Linha 2 – Contribuições da mídia para a interação entre grupos sociais
Reúne pesquisas orientadas às práticas e processos midiáticos inscritos em grupos sociais, privilegiando a análise de poder e resistência. São admitidas pesquisas sobre discursos, práticas e representações, bem como meios e ambientes sociopolíticos, culturais e imaginários no contexto midiático.

As inscrições serão realizadas na modalidade on-line e presencial.

Documentos necessários para a inscrição:
a) Cópia da cédula de identidade ou outro documento de identificação com validade nacional, para os candidatos brasileiros;
b) Cópia da certidão de nascimento ou casamento;
c) Cópia do CPF;
d) Cópia do histórico escolar do(s) curso(s) de graduação;
e) Cópia do diploma de graduação de curso reconhecido pelo MEC;
f) Curriculum vitae documentado (preferencialmente utilizar o Currículo Lattes);
g) Pré-projeto no qual conste: proposta do tema, apresentação, objetivo e bibliografia, conforme modelo ANEXO I (*);
h) Taxa de inscrição no valor de R$ 150,00 (cento e cinquenta reais);
i) Cópia do comprovante de pagamento da taxa de inscrição.
Os candidatos estrangeiros deverão apresentar também:
j) Cópia do Registro Nacional de Estrangeiros (RNE) ou documento comprobatório de permanência regular no Brasil;
k) Certificado do CELPE-BRAS de suficiência em língua portuguesa (http://portal.inep.gov.br/celpebras). Poderá ser aceito o protocolo de inscrição no exame.

Os candidatos que cursaram graduação em instituições estrangeiras deverão apresentar os seguintes documentos:
l) Cópia do histórico escolar e do diploma do curso de graduação devidamente revalidado, segundo a legislação vigente, exceto quando se tratar de convênios internacionais, desde que incorporados pelo Brasil.

(*) O Pré-Projeto de pesquisa deve, preferencialmente, ser aderente ao escopo das pesquisas realizadas pelos docentes vinculados ao Programa de Pós-graduação em Comunicação da Universidade Paulista – UNIP, conforme disposto no endereço https://www.unip.br/presencial/ensino/pos_graduacao/strictosensu/comunicacao/apresentacao.aspx e/ou trazer elementos relevantes para a Área de Comunicação relativos a problemas regionais.

(**) A taxa de inscrição deverá ser paga através de depósito, na conta:
Banco do Brasil
Agência: 5989-7
Conta corrente: 7054-8
Favorecido: CELP – Centro de Educação Lindaura Pinheiro
CNPJ: 15.600.361/0001-46

Os candidatos deverão entregar a documentação listada na Secretaria do CELP ou enviar as cópias digitais dos documentos em formato PDF para o e-mail: contato@celp.org.br. Só serão aceitas as cópias legíveis e em tamanhos originais.
Em caso de aprovação no processo seletivo, todos os documentos deverão ter seus originais apresentados no ato da matrícula.

Não serão aceitas inscrições com entrega parcial da documentação ou documentos ilegíveis e que não atendam rigorosamente ao estabelecido neste edital

A seleção do Mestrado compreende:
Etapa I – Eliminatória
A inscrição só será validada mediante apresentação do comprovante e o envio da documentação completa no prazo estipulado.
Etapa II – Apenas para os candidatos aprovados na Etapa I
Prova Escrita e análise do Projeto de Pesquisa
Etapa III – Apenas para os candidatos aprovados na Etapa II
Entrevista com os aprovados na Etapa II a ser realizada por meio eletrônico.

BIBLIOGRAFIA ESPECÍFICA RECOMENDADA
AUMONT, Jacques. Moderno? Por que o cinema se tornou a mais singular das artes? Campinas: Papirus, 2008.
BARBROOK, Richard. 2009.
CEVASCO, Maria Elisa. Dez lições sobre estudos culturais. São Paulo: Boitempo, 2004.
MARTIN-BARBERO, Jésus – Ofício de cartógrafo. São Paulo: Loyola, 2004.
RÜDIGER, Francisco. As teorias cibercultura: perspectivas, questões e autores. Porto Alegre: Sulina, 2011.
SODRÉ, Muniz. Antropológica do espelho.. Rio de Janeiro: Vozes, 2006.
É desejável que os interessados consultem as revistas científicas da área no Portal da CAPES: http://www.periodicos.capes.gov.br/

ETAPA I – INSCRIÇÃO E ENTREGA DE DOCUMENTOS
De 1 de agosto a 15 de setembro de 2018
A inscrição só será validada mediante o pagamento do boleto bancário e o envio da documentação completa no prazo estipulado.

ETAPA II – EXAMES DE SELEÇÃO PARA OS CANDIDATOS APROVADOS NA ETAPA I
Dia 20 de setembro de 2018 (quinta-feira):
Prova Escrita – 14 horas (2 horas de duração máxima)

ETAPA III – ENTREVISTA PARA OS CANDIDATOS APROVADOS NA ETAPA II
Dia 21 de setembro de 2018 (sexta-feira): Convocação dos classificados para a Etapa III.
Dia 24, 25 e 26 de setembro de 2018 (de segunda-feira até quarta-feira): Entrevista por Skype com os convocados, a partir das 09 horas (horário a ser especificado individualmente).
Após o ingresso, no transcorrer do primeiro semestre do curso, o aluno matriculado deverá submeter-se a Exame de Proficiência em Língua Estrangeira, podendo optar por Espanhol ou Inglês.
Em substituição aos exames de proficiência em Língua Estrangeira serão aceitos apenas os certificados abaixo relacionados:
a) Inglês: TOEFL (Test of English as a Foreign Language) – mínimo de 213 pontos e máximo de 300 pontos; certificado válido por dois anos; e, IELTS (International English Language Test System) – mínimo de 6,0 pontos; certificado válido por dois anos.
b) Espanhol: DELE (Diploma de Espanhol como Língua Estrangeira), nível intermediário do Instituto Cervantes.
Observação:
O não comparecimento a qualquer uma das atividades previstas nas Etapas II e III implicará a eliminação do candidato do processo de seleção.

RESULTADO DA SELEÇÃO
Dia 28 de setembro de 2018 (sexta-feira), após as 18 horas. O resultado será exclusivamente divulgado no site do CELP (www.celp.org.br).

MATRÍCULA
As matrículas deverão ser feitas pessoalmente na Secretaria do CELP no período de 1 a 5 de outubro de 2018, ocasião em que o candidato deverá:
1- Apresentar os seguintes documentos originais:
a) Diploma do Curso de Graduação, registrado;
b) Histórico Escolar do Curso de Graduação;
e) Carteira de Identidade;
d) CPF;
e) Certidão de Nascimento ou Casamento;
f) 2 fotografias 3×4 (recentes).
Os candidatos estrangeiros deverão apresentar também:
g) Registro Nacional de Estrangeiros (RNE) ou documento comprobatório de permanência regular no Brasil;
h) Certificado do CELPE-BRAS de suficiência em língua portuguesa.
Os candidatos que cursaram graduação em instituições estrangeiras deverão apresentar os seguintes documentos:
i) Histórico escolar e diploma do curso de graduação devidamente revalidado, segundo a legislação vigente, exceto quando se tratar de convênios internacionais, desde que incorporados pelo Brasil.

2- Assinar o Contrato de Prestação de Serviços Educacionais.

3- Fazer a escolha das disciplinas a serem cursadas no semestre.

4- Efetuar o pagamento da matrícula.

Secretaria do CELP
Rua Catulo da Paixão Cearense, 135, Edifício Central Park, sala 2. Bairro Triângulo, Juazeiro do Norte (CE) – CEP 63041-162
Secretária: Ranielle Bezerra
Horário de Atendimento: 8h às 18h.

INÍCIO DAS AULAS
A partir de 8 de outubro de 2018 (segunda-feira). O calendário definitivo de aulas será divulgado após o período de matrículas.

O aluno do Curso de Mestrado fará necessariamente 04 disciplinas sendo: 02 eletivas pertencentes à Linha de Pesquisa em que se situa o projeto de dissertação e 02 eletivas, conforme indicação do(a) orientador(a), independente da vinculação que elas tenham com as Linhas de Pesquisa.
O conjunto das disciplinas eletivas a ser oferecido em cada semestre será fixado, com a devida antecedência, pelo Colegiado do Programa.
A integralização dos créditos será feita pela soma de:
Disciplinas Cursadas: 20 créditos (no mínimo)
Atividades Programadas: 09 créditos (no mínimo)
Publicação de Artigo: 03 créditos (no mínimo)
Proficiência em língua estrangeira (Inglês ou Espanhol)
Exame de Qualificação: 04 créditos
Dissertação de Mestrado: 20 créditos
Total de créditos para obtenção do título: 56 créditos (no mínimo), ou 952 horas.

NÚMERO DE VAGAS
25 vagas.
PRAZO PARA OBTENÇÃO DO TÍTULO DE MESTRADO
24 (vinte e quatro) meses

ANEXO I
REGRAS GERAIS DE APRESENTAÇÃO DO PROJETO DE PESQUISA
O Pré-Projeto de Pesquisa é um instrumento obrigatório da avaliação para o ingresso no Mestrado Interinstitucional do Programa de Pós-graduação em Comunicação da Universidade Paulista – UNIP em parceria com o CELP – Centro Educacional Lindaura Pinheiro, a ser realizado em Juazeiro do Norte (CE).
Deve ser elaborado de modo a favorecer a compreensão das intenções de pesquisa do candidato, assim como a aderência às Linhas de Pesquisa e vínculo com as atividades de investigação em andamento no PPG em Comunicação da UNIP.
Por se tratar de um Pré-Projeto, a proposta deve ser constituída de modo sucinto, uma vez que após o ingresso no Programa alterações temáticas e/ou metodológicas poderão ser solicitadas pelo orientador visando melhor adequação aos propósitos e abrangência à pesquisa em nível de mestrado ou, mesmo, maior pertinência e relevância com relação ao estado da arte das pesquisas na área de Comunicação.
O projeto deverá apresentar com clareza o tema a ser abordado, uma vez que é ele o objeto de estudo da pesquisa. Para tanto, deve ser exposto de forma clara e objetiva, com indicações expressas do objeto a ser estudado.
Espera-se assertividade na delimitação do foco da pesquisa em consonância com as condições de acesso ao corpus, com adequação à área de Comunicação, em especial ao âmbito da Cultura Midiática, e com aderência ao problema a ser pesquisado.
É importante ressaltar que o Pré-Projeto de Pesquisa deve ser escrito de modo a possibilitar que todos compreendam os argumentos apresentados. Assim sendo, deve-se evitar linguagem complexa que dificulte a compreensão das ideias contidas na proposta. Recomendamos que sejam evitadas redações longas, complexas, desordenadas e com erros ortográficos ou gramaticais. Consideramos que a redação sintética e bem feita é indicativo da qualidade da proposta apresentada.

FORMATAÇÃO DO PROJETO
Os textos devem ser apresentados em papel branco, sem marcas ou imagens de fundo, formato A4, na cor preta, podendo utilizar outras cores somente para as ilustrações. Recomendamos a utilização da fonte Arial ou Times New Roman, corpo 12, para todo o texto, com exceção das citações com mais de três linhas, as quais devem ser digitadas em corpo 10 e recuadas a 4cm da margem esquerda. O corpo do texto deve ser elaborado com espaçamento entrelinhas de 1,5. Títulos das subseções devem ser separados do texto que os precede ou os sucede por dois espaços 1,5 (dois ENTER total = 3cm) Os títulos sem indicativo numérico (sumário, referencias, apêndices e anexos) devem ser alinhados à esquerda. As citações devem ser de acordo com as normas da ABNT, NBR10520, ago. 2002

ESTRUTURA DO PRÉ-PROJETO DE PESQUISA
Título (identificados na capa e na folha de rosto)
Introdução
Justificativa
Objetivos (Objetivos Gerais / Objetivos Específicos)
Problema a ser pesquisado
Referências bibliográficas